quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Tem uma dor, uma dor já conhecida, uma dor que incomoda. Ela é diferente das outras, e como tem doído intensamente por conta dos últimos anos (e meses), isso tá me tirando o sono. sério, é algo que eu me pergunto por que diabos ainda sinto se tinha prometido a mim mesma que não a sentiria mais e estava quase, quase, muito quasinho, chegando a tapar lindamente aquela cicatriz. Sabe quando tá virando cicratiz e você arranca a casca? dai sangra tudo de novo, né? então. 

ai fico pensando nisso dia e noite e noite e dia. Pq isso ainda? affff não acredito que vc tá nessa! mas gente, ainda isso? nada ver, nem tá tão assim, acho que vc ta exagerando...

e milhões de vozinhas falando, falando, falando na minha orelha! aaaaaaahhhhhhhh chega! silêncio!

mas tem uma parte que é sincera, e calma, e verdadeira, acho que essa é aquela lá do fundo, e então ela me diz que não preciso passar por isso não, e sempre me coloca um espelho na cara com um mini flash back de tudo, inclusive frisando as imagens desse ano, eu no Guanabara com os únicos R$ 20,00 me virando pra comer em pleno centro do Rio. pois!

essa ai que me ajuda sempre nas horas mais dificeis, essa ai quando me chama me diz que eu consigo segurar a bronca! ela me diz que seguro esse rojão com facilidade, mas já adianta que vai ser meio chato tbm...

e ai não sei, sabe?

mas tem hora que tô muito bem, muito segura de mim, quando jogo meu super cabelo encaracolado, loiro, hidratado e cheiroso pro lado e sinto que eu posso é tudo, oxi! eu posso fazer o que eu quiser e sim, eu sou muito forte e preciso reconhecer e encarar isso sem menosprezar. 

dai eu penso: afffff Nathália, olha pra você amor, sério?
você precisa disso?
amor, você fez tudo com nada! sozinha, dando a cara pra bater, caí e levantada, quis deitar, mas preferiu pular, de frente, peito aberto pro que desse e viesse! mano, cê é corajosa pra caralho, sabe? você se enfia, cara, bate de frente, se fode, levanta e começa tudo de novo. sem nada. sem papai depositando grana pra caso você precise. sem mamãe passando a mão na cabeça. sem boy ali do lado segurando a mão. fez tudo sozinha, mana! tá louca?

pode ir fundo, se essa vozinha ai falar de novo, meu se ela cantar de novo dentro de você:
você faz, resolve e dá teu jeito que tamo aqui sempre pra te segurar.

olhei pra baixo e vi uma fila de váááárias nathálias, cada uma de um jeito, me olhando, sorrindo e acenando com a mão que eu podia me jogar pq tava tudo em casa, tudo seguro.
umas várias nathálias, todas eu, cada uma do seu jeito, mas com a certeza de que eu não ia me esborrachar no chão.

ai eu senti um ar fresco bater no meu rosto e me senti ainda mais forte!

ainda não sei se coloco essa dor no pause ou se a deleto de vez.
tem dor que é boa tbm, né?
mesmo com o estrago que faz...

mas se eu decidir esvaziar a minha lixeira, as Nathys estão lá de boa, dançando, balançando o cabelo, sorrindo a nossa gargalhada forte.
eu sei: não há nada a temer! 











quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Touché

Fiz curvar toda a força ariana, quebrou-se em pedacinhos! do carneirinho nada sobrou.
uéééééé?

nunca subestime o poder de um par de peixes + um touro + um capricórnio!

é água e força de terra!

vai desacreditando das verdades astrológicas, vai!



terça-feira, 5 de setembro de 2017

Agradecimentos

Eu gostaria de agradecer do fundo do meu coração ao cabeleireiro, que durante a fase mais eufórica e louca da minha vida, me vendeu um live in gringo por R$ 200,00 alegando que o produto duraria 9 meses. E além de ser o live in mais fodástico que já conheci nessa vida, durou sim os 9 meses e ainda tem mais um restinho!

Queria agradecer o cara mais idiota, puxa saco e inseguro que tive o desprazer de conhecer em toda a minha carreira n área da comunicação, por ter me demitido daquele trabalho péssimo, machista e insalubre! Na hora fiquei chateada, mas se não fosse ele cometer tal ato, eu não teria retomado meu lindo projeto com as crianças e as coisas não aconteceriam da forma que aconteceu. Olha, muito obrigada mesmo e espero que você continue ai pro resto da tua vida! O mundo gira!

Um quente e sincero agradecimento ao cara que tanto gostei e insisti pra ficar comigo, dando murro em ponta de faca, por ter deixado bem claro que não queria estreitar  relações! Só assim eu pude perceber qual é o tipo de relação que quero para mim e ficou muito mais fácil poder renovar os filtros e ter consciência de que mereço muuuuuuuuuuuito mais!

Obrigada Setembro, por sempre me mostrar que todos os invernos acabam, e que depois dele a primavera impera lindamente, florida e quente. (setembro puxa Carnaval!)

pela atenção,

muito obrigada!

domingo, 3 de setembro de 2017

das contradições

(...) viu um rabisco no meio do caderninho, no rosto a face de quem era invadido por uma chateação.
Não sabia, entretanto, que o rabisco era coisa antiga,
e que nas últimas páginas do caderninho havia um outro escrito, esse mais recente,
do nome dela com um coração e a primeira letra do nome dele,
somente a primeira,
porque ela começou a escrever e teve medo de terminar, de se antecipar, e de agir como alguém que não é.
às vezes o escondido vale mais, ainda que ela acredite que a transparência é sempre a melhor saída.

domingo, 20 de agosto de 2017

Status

Fe.liz
Ple.na

a vida é bela mesmo em agosto chuvoso

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Olaaaaaaaar

Voltei, minha gente!
tarram com saudades?

Depois de 6 meses de férias, descansani a cabeça, as ideia, as coisa tudo, combinei com a Katharine que voltaria justamente no maior mês do ano, famigerado agostão de Deus. Pois, cá estou eu!
Eu estava muito cansada, precisava desse descanso, mas eita nóis, hein? quanta coisa essa menina mim aprontou.

quem mandou voltar pra SP? diz que foi por questão de segurança, e eu lá ligo pra segurança? tava tudo lindo lá, tinha nada que voltar pra cá. lembro da quarta de cinzas, ai adormeci e acordei essa semana, perdida, e na selva.

Pelo menos ela meteu as cara e se jogou pro melhor bairro e em frente a praça que leva o nome nada mais nada menos que da minha maior musa, minha Elis, meu amor! bem que a Kath me disse que tinha uma surpresinha pra mim... amei!

Cadê meu super cabelo? quem mandou cortar? olha, mas eu vou te falar... ainda bem que ela decidiu clarear ele ainda mais, tá maravilhoso. Eu passo na rua e os boys me olham, huuum...

Agora que eu voltei e já tenho 750 planos na cabeça, cuidando das minhas crionças, escrevendo meus textos, fazendo uns trampo aqui e outros acolá, que não sou obrigada a nada, nem a ficar sem grana, agora sim. Metade do ano todinho pra mim! Pra dar aquela causada básica, bem Nathália de ser.

Eu sou pisciana, com ascendente em touro e lua em capricórnio meu amor, né pouco não.

e se tudo der certo, e vai dar certo, teremos tantas novidades em breve, mas só conto quando acontecer.

ai ai ai, ainda me acostumando a acordar olhar a janela, passar no Violeta, ouvir as crianças no Amorim, ver o Benja mais vezes, meu vizinho. Eu amo demais esse bairro, cair no samba, a vida é bela, né?

voltei, voltei, voltei. Katharine disse que já não aguentava mais, que tava puxado pra ela. aff, até parece que gosta de vida sem emoção, vida morna, sai pra lá!

cadê a porta preu já meter meus pés?





segunda-feira, 31 de julho de 2017

Dificuldades

Muito difícil ter vizinho hippie! Os safados trocam o dia pela noite e quando o relógio apita 22h30 é um tal de arrastar móvel pra lá e pra cá, barulho de martelo, bola caindo no chão, sei lá, só sei que não é possível ver uma sériezinha na Netflix em pax! Tô quase subindo lá e deixando um bilhetinho porta abaixo. Não é possível, né?

pior é que dei de cara com a moça, e ela aparenta ser uma fofa. acho que ela nunca morou em apartamento, talvez seja de fora do Brasil (O Butantã e seus imigrantes S2), mas se chegar no meu limite vou lá bater na porta e mandar o papo reto.

aiaiaiaiai

eu tento ser fofa & meiga & delicada
mas a vida não dá trégua, Brasil.